quarta-feira, 10 de maio de 2017

Limão, o garanhão

A dias da vinda do Papa Francisco a Portugal aguardo intervenção divina cá em casa. Sim, bem sei que não devia brincar com coisas sérias, mas a verdade é que se uma qualquer divindade pudesse intervencionar junto da libido do meu Limão esta família era tão feliz! O cenário é o seguinte: eu tenho duas cadelas, ambas com o cio e, vai-se lá saber porquê (really??), o canito não as larga. Como elas são gigantescas e ele ainda não domina a anatomia, é ver o coitado a ganir meio tempo e a uivar  outro restante entanto tenta trepar para a boca delas!! (não perguntem... ou é fetiche ou tem a haver com a nossa lacuna na educação sexual do rapaz!). Ora a isto sucedem noites e dias nesta lamuria em que o jovem não deixa ninguém dormir. Sim, que o gajo é pequeno mas chega para aviar as duas!
O primeiro alerta veio dos meus pais a quem nós pedimos para ficarem a cuidar da casa para nós tirarmos umas mini-férias, a minha mãe ainda escapou porque meteu uns comprimidos para dormir no bucho, mas o meu pai andou azambuado o tempo todo. Quando regressámos o cenário continuou e tem sido um desespero constante. Tenho para mim que pequeno Limão vai à faca, sem conhecer os prazeres da carne. Temos pena, mas entre isso e a loucura a que estamos todos a avistar ... parece-nos uma solução a considerar!
Sim, bem sei que antes de o adoptar devia ter tido isto em conta, mas na altura só queria mesmo era dar-lhe um lar, relembro que a ex-dona dele engravidou e depois já não o quis mais! (fofa!!) e nem pensei neste pequeno grande pormenor de diferença de género que me viria a atormentar dias e noites sem fim! Há por aí algum santo dos animais que acorra a situações destas? Agradecida!

2 comentários:

  1. Faca mesmo!
    Por causa destas aventuras, que nós pensámos que controlávamos (tão inocentes que fomos!) é que a família canídea aumentou de 4 para 8!
    Agora está tudo esterilizado e castrado! Bebés só então aqui pelo portão de casa! Boa sorte!

    ResponderEliminar
  2. Eu não me parece que a faca resolva. Deixa de poder produzir os herdeiros, mas a vontade de os produzir deve ficar por lá. Não? Esperemos que não. Eu acho que o Limão só vai deixar de andar atrás das meninas-cadelas porque vai ficar com vergonha de não os ter no sitio!

    ResponderEliminar