sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Madalena by night

Primeiro acolheu com grande entusiasmo o menu do jantar: açorda alentejana de bacalhau. Depois já não era bem aquilo que queria porque estava muito cansada e queria uma comida mais ligeira "pode ser uma bifana no pão". Mas entretanto foi acometida de uma coceira doida, a urticária típica de quem está irada de sono. Já não queria comer, não queria beber, muito menos lavar-se e vestir o pijama. Por fim, sentou-se à mesa. Já com higiene feita e pijama vestido. Mordiscou a bifana, disse que a água sabia mal e que o pão era demasiado rijo para os dentes dela... Eu? Assisti a tudo de camarote, não movi uma palha nem gastei uma gota de saliva e deixei que o pai arbitrasse o duelo, é que se há homem com capacidade para lidar com as indecisões e irritabilidades femininas é este senhor. 

Sem comentários:

Enviar um comentário