terça-feira, 27 de setembro de 2016

Rotinas (tão queridas e fofas)

Agora que a malta cá de casa já tem os horários escolares alinhados (o pai o ano passado voltou a estudar, e isso faz de mim encarregada de educação de três criaturas ... eheheh) é hora de nos organizarmos. Ora se o homem sai do trabalho e vai para as aulas, isto significa que, de manhã à noite, toda a gestão familiar e doméstica fica a cargo desta serva que vos escreve. A nossa vidinha tem de ser muito bem organizada caso contrário a caótica que há em mim apodera-se. Quartas e sextas feiras são dias do demo, onde definho duas horas à espera do meu filho (a Madalena sai às 17.30h e ele sai às 19.30h) sendo que é aqui sabido que a miúda não é um primor da paciência e eu padeço duas horinhas ali à maneira (cruz credo tende dó de mim). Enquanto o tempo estiver bom vou com ela para o parque infantil, ela tem aproveitado para fazer os trabalhos de casa e brinca a seguir. Quando o tempo estiver mau ... não vale a pena sofrer por antecipação porque não de prevêem bons ventos. Bom adiante, quarta feira também tem a particularidade de ser dia de ensaio do jovem. Sai às 19.30h, tem ensaio às 21h, lindo!! A loucura, o horror. Com as distâncias e os tempos e percursos estudados facilmente se percebe que não dá para vir a casa jantar, solução? levo o jantarinho numa marmita e o miúdo janta no caminho. Mas calma, ainda me resta mais uma criança dentro do carro, irritada, cansada, com sono, vai daí saem duas marmitas e comem os dois dentro do carro. Mas não se fica por aqui, é que a criatura mais nova é dada a adormecer no carro com o embalo da coisa, então sucede que levo o pijaminha e visto-lho no carro (a criança é asseada, não vem mal ao mundo se não tomar banho às quartas e as toalhitas são nossas amigas). E a procissão ainda vai no adro, porque ainda não tenho horário definido para a catequese e para a equitação da cachopa. E falavam-me os meus amigos, neste fim de semana, em termos mais um filho ... livra! Um grande bem-haja a quem tem mais de dois filhos, sois heróis!

1 comentário:

  1. E quem é desenrascada safa-se sempre, agora imagine alguém com esses afazeres todos em horários loucos e sem desenrasque. Lá ficavam os putos sem jantar e a dormir vestidos. Não são os meus que já há muitos anos se desenrascam sózinhos (mais ou menos).

    ResponderEliminar