segunda-feira, 8 de agosto de 2016

A Irmandade de Penela

"O" fim de semana em Penela é histórico. É histórico porque anualmente consegue juntar cerca de 40 alminhas insanas que de repente, e à custa de muito álcool e estupidez natural, dão exemplos de diversão pura desprovida de qualquer tipo de cócózice e mariquice. O fim de semana em Penela é assim, serve para exorcizar males e lembrar que a vida é boa assim de forma simples, com boa comida, boa bebida e boa companhia. Dorme-se em qualquer canto, faz-se muito disparate, ri-se até não poder mais. Não há regras, não há "e ses". Anda-se de pé no chão, tomam-se banhos de mangueira debaixo de um calor abrasador, vai-se à festa da aldeia e ressuscita-se para no dia a seguir voltarmos a fazer tudo de novo. Este ano introduzimos a ida a banhos na Praia Fluvial da Louçainha ... e que bem que se teve! Um fim de semana que me soube pela vida!


Sem comentários:

Enviar um comentário