sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Formas de vida

Tenho dias em que nem por aqui passo porque acho que sou um ser entediante. Se aqui expusesse todas as vezes em que me sinto frustrada, irritada e sem paciência para gente parva, seria uma riqueza. Sobretudo quando em comparação olho para os outros blogues e vejo que toda a gente anda feliz e contente, não há viv'alma com dias maus e se os têm vão buscar frases poéticas para os combater. Será mesmo assim? Será aquilo tudo? Sempre em bom? A vomitarem estilo e a irradiarem felicidade de manhã à noite? Já eu não tenho filtro, logo deixo-me estar quietinha no meu canto para não despejar impropérios que, em verdade se diga, também me dá forte mas passa-me depressa. É sexta-feira, o pior dia da semana para mim em termos profissionais, mas caga nisso que a vida é linda e cheia de gente com frases fantásticas para nos alegrar. Sim, estou com neura. Não, não sou um ser recalcado. Sou humana, feliz, grata, com momentos de altos e baixos, mas sou essencialmente isso: humana.

2 comentários:

  1. olá.Tudo bem?
    Sabe, no inicio (Deus criou o ceu e a terra... lol...) , eu era fascinada por blogs, todo o santo dia, ía visitar blogs cor-d-rosa. Achava aquilo tudo um máximo, gerava até uma certa inveja aquela vidinha daquela gentinha. Eu via nelas a vida que queria para mim!!
    MAS...depois.... passado o tempo.... começa a ser entediante... sempre tudo muito composto, sempre muito perfeito, sempre tudo muito clean...
    Epá, a sério, agora tou mesmo enjoada (vómito) disso tudo, porque a vida não é assim. A vida é uma treta, mesmo... só cabe a nós próprios salpicá-la com momentos felizes e alegres. Cabe a nós ver alegria nas pequenas coisas e aventuras que passamos.
    Eu trabalho num local de atendimento ao público, logo tenho que estar sempre receptiva, simpática, bem disposta, impecável, prestável, etc e tal. Mas tenho dias que só me apetece mandar pessoal à merd.. , mandá-los passear macacos. Não interessa, somos humanos, temos sentimentos, temos família, preocupações, contas por pagar, problemas domésticos, problemas familiares e claro, problemas laborais. Eu defendo a tese de que deveria haver um dia em que poderíamos dizer tudo o que nos apetece!!!!! Resolvia muita da minha azia!! E no outro dia voltava tudo ao mesmo, e ponto.
    A sério, quem não tem dias maus que atire a primeira pedra, ou então é um ROBOT.

    Bjs
    AP

    ResponderEliminar