segunda-feira, 20 de julho de 2015

O piqueno já está nos meus braços

Vem encantado de Espanha, embora diga que em termos musicais preferiu Itália. Foram convidados de honra do Palau de la Musica e vinham todos em êxtase. No final da viagem cortou-se num pé (quem manda armar-se em gajo e ir fazer xixi a uma moita cheia de garrafas partidas!). Trouxe-me uma caneca, bases de copos para o pai e uma mala para a irmã,... e apesar de ser só pelo simbolismo gostei muito de se ter lembrado de nós. O meu menino, a quem eu dou pelo ombro, está grande e em mim reside um misto de "tempo volta para trás que te quero pequeno" com o "é um privilégio ver no que te transformaste". 

Sem comentários:

Enviar um comentário