segunda-feira, 25 de maio de 2015

Diário da nossa paixão

O últimos dias não têm sido fáceis e tu estás sempre lá, a tirar-me de casa para passearmos, para jantarmos, para o petisco que adoro. Nos últimos dias tens-me dado abraços que me esmagam o peito, olhas para mim para te certificares que rio e delicias-te quando o faço. Nos últimos dias tens-me enchido de mimo, ainda mais do que o habitual (e já é tanto). 
E ontem, particularmente ontem, sei que sofrias ao ver-me sofrer, pedias que a minha dor passasse para ti e querias-me proteger e afastar todos os males. Sei que esta noite não dormiste só para ficares a olhar para mim. "Hoje termino o dia ainda mais apaixonado por ti". E eu, que não preciso de provas de amor porque sei bem o que somos, fico estarrecida com tanta protecção. Seja o que for, venha o que vier estes momentos e estes sentimentos de hoje já ninguém mos tira. Obrigada por me amares, é um privilégio.

Nota: este registo tinha de ser feito para que nos dias em que andamos às avessas e tudo parece nublado,este post seja lido mil vezes para me lembrar o quanto me iluminas.

1 comentário:

  1. Oh querida S... é por isso mesmo que continuo a ter fé no amor (ou não fosse eu um"peixe").
    Mas que esse sofrimento passe rápido. Temos de falar!! :))
    Um grande beijinho e um abraço daqui, aí!

    ResponderEliminar