sexta-feira, 12 de julho de 2013

Páginas da Vida

Há momentos na vida em que é preciso redefinir tudo. Ser puxado para terra e repensar prioridades. Ver para além do óbvio. Limpar neblinas e nevoeiros. Assumir fraquezas. Enfrentar demónios. Abandonar a zona de conforto e sair de peito feito. De espada em punho. Não é fácil, muito menos confortável. É sublinhar defeitos, rugas e pregas da vida. Um virar de página temido, aterrador, mas que deixa a segurança de estar rodeado de quem nos ama e de saber que caminhar de mãos dadas pelas trevas tem outra proporção.

Um dia teria de ser ... e hoje é o dia.
 

2 comentários:

  1. Minha querida, seja o que for, força! Há-de correr bem! Pelo menos torço para que assim seja!

    Um grande beijinho*

    ResponderEliminar