quinta-feira, 13 de junho de 2013

Sto António... tenho tantas saudades tuas!

Ontem assisti à noite lisboeta mais fantástica de todas pela tv. E chorei. Chorei muito. Chorei tanto de saudades da minha Lisboa, do cheiro das sardinhas (que nem sequer gosto), da recordação do trinchar da bifana no arraial, das bejecas, das músicas do Clemente, da simplicidade de toda a gente, daquela alegria constante, do gingar lisboeta, dos pregões, da malícia graçola... E chorei, chorei tanto, porque tenho saudades de tudo isso. Aqui do alto deste monte onde uma corucha não se cala!

Sem comentários:

Enviar um comentário