quarta-feira, 5 de junho de 2013

Perder um filho é contra-natura

O Rodrigo era demasido pequeno para tanta dor e não resistiu. Um corpo pequenino demais para passar por tanta dor. Agora dorme em paz num mundo onde não há sofrimento. A mãe... nem quero imaginar. Deve precisar de colo. E vai precisar de colo para toda a vida. Porque perder um filho é contra-natura. Não quero imaginar. Não posso imaginar porque dói só de o fazer. A minha força e as minhas preces estão com ela. Deus a proteja.

Sem comentários:

Enviar um comentário