quinta-feira, 16 de maio de 2013

O meu filho tem uma namorada... e eu vou cortar os pulsos!

É gira, simpática, super querida, educada, de boas famílias, uma fofa. Foi-me apresentada e eu cumpri o meu papel. Fui simpática e nem por num momento fui sarcástica nem irónica (ele fez-me prometer!). Prometi-lhe (a ele) que não lhe chamava 'coisinha' se me esquecesse do nome dela (tinha-o ameaçado que o faria e ele entrou em pânico, fez-me jurar e eu fui linda! amo instalar o pânico!)
Têm 13 anos. Não é para levar a sério, pois não? Mas também não posso desvalorizar os sentimentos do moço!
Ó que catano, que agora fui substituída por uma teen! Ninguém merece. Não estou preparada para isto! Não se é mãe para isto! Para se chegar à adolescência e se ser substituída. Esta parte não vem nos livros. Olha a minha vida, que ainda no outro dia mudava fralda e agora já ando a comprar lâminas de barbear. Faço já aqui uma birra daquelas, porque me recuso a abrir mão dele assim... tão rapidamente. Isto dói e ninguém me avisou! O que é que a minha mãe anda cá a fazer que não me preparou para isto! Era suposto dizer-me que ser mãe de adolescente não é fácil! Mas não! Ri-se e diz-me que só passando por elas é que eu lhe vou dar valor!
Olhá minha vidinha! Mada, vai-te preparando.... só namoras aos 40! Tá dito!

2 comentários:

  1. Aiiii que eu nem quero pensar nisso!!

    Boa sorte!! :))) (e não lhe encontraste nem um defeitozinho??? Rais´parta a miúda!!)

    Um beijinho ;)

    ResponderEliminar
  2. Bem vasculhei.... mas ainda por cima gostei dela. É só ela começar a esticar-se que eu canto-lhe um fadinho! :))))

    ResponderEliminar