sexta-feira, 19 de abril de 2013

Como não anunciar que se está grávida!

Numa passagem transversal pelos blogues, percebo que se fala muito da gravidez, dos 9 meses (no meu caso foram 10 meses - sim, porque isto bem contado foram 10 meses, como as burras!), das transformações do corpo, dos cremes, das roupas, e do dia em que se soube que se estava grávida? Como foi? Como a comunicaram ao marido?
Pois que, por estas banda, originais como só nós sabemos ser. Peculiares seres vindos de outra galáxia, foi assim:
O meu trabalho estava a mudar de local, havia que fazer mudanças. Vai daí, a malta mobilizou-se toda e não precisámos de empresa transportadora, nós todas, mulheres de garra agarrámos nos armários, nas secretárias, nos móveis dos antípodas e levámos tudo pela frente!
Dias depois fico com os pés de tal forma inchados que mais pareciam troncos de Natal... entro num pranto a gritar aos sete ventos que tinha de começar a fazer dieta!
Depois foram as mamas, brotaram que nem melões... e eu a queixar-me que a dieta não estava a resultar!
Até que um dia de manhã, uma colega desafiou-me a fazer um teste de gravidez... ali mesmo, na casa de banho do trabalho. Resultado: positivo!
A minha casa estava em obras e o João tinha tirado uns dias de férias para controlar as coisas. Vai daí, à hora de almoço vou a casa:
Eu - "Preciso de falar contigo!"
Ele - "Sim, diz!"
Eu - "Não é aqui no meio da rua com esta gente toda. Vamos para dentro de casa. Mas preciso de estar sozinha contigo!"
Ele - "Então, só se formos para a casa de banho!"
Quando entramos na casa de banho vejo-o a levantar o tampo da sanita:
Eu - "O que é que estás a fazer?"
Ele - "Já que estamos aqui, vou aproveitar e sentar-me na sanita, estou aflito! Mas vá, diz lá, o que é que tens para me dizer?"
Eu - "Estou grávida!"
(...)
E foi assim que anunciei a gravidez: com o meu marido a evacuar! Depois de ter andado a alancar com móveis e a fazer dieta.
Não foi um bom início para a vida da cachopa. Depois reclamo de ela ser como é!

4 comentários:

  1. Opá, comecei a ler o blog através da Bi e tenho-me deliciado. Tal como eu, tu tb escreves super super bem e descritivo, com emoção. Mas este texto...este texto bate tudo: MUITO BOM!!! :) Parabéns pelo blog, pela escrita e muitas felicidades!! Rita

    ResponderEliminar
  2. Obrigada minha querida! Um beijinho grande!

    ResponderEliminar
  3. Opá...agora é que me apercebi do erro na escrita!!! Queria dizer que tal como a Bi, tu tb escreves muito bem...porque eu, eu!!!, escrevo mal mas mal. Sou muito "cientifica" e pouco descritiva! Beijinhos!!!

    ResponderEliminar
  4. Nem percebi! beijinho e obrigada mais uma vez!

    ResponderEliminar